25/01/2019

Série Wifi: Repetidores de sinal

Por Luhan Pietro Struecker

Dando continuidade na série de textos aqui do blog, vamos falar hoje sobre repetidores de wifi ou extensores de sinal.

Repetidor wifi instalado na parede.

Como o nome já diz, estes aparelhos têm como finalidade aumentar a distância de cobertura de sinal de rede sem fio. Muitas vezes, compramos o link de internet, recebemos o modem com serviço de wifi.  Mas nos cômodos mais distantes da casa o sinal de wifi fica fraco e as vezes, impossível de usar. Ainda mais quando muitas pessoas estão consumindo simultaneamente.

Explicando

O que acontece é que, com o maior número de conexões simultâneas somada a baixa intensidade de sinal, a qualidade do serviço fica comprometida. Qual a solução? Reforçar este sinal! Possibilidades? Duas. Ou substituímos o roteador por outro com transmissão mais potente ou adicionamos repetidores de sinal.

Os repetidores por serem alimentados com energia elétrica, tem a capacidade de receber um sinal de rádio wifi para amplificá-lo e dessa forma, o alcance aumenta. Simples assim. Mas nem tudo são flores. Existem alguns problemas que precisam ser analisados antes de instalar estes equipamentos.

Os motivos

O primeiro fator é a distância: o repetidor não pode ser instalado muito distante de sua fonte de sinal. Se assim for feito, a intensidade de sinal que o repetidor irá emitir será muito intenso, porém de baixa qualidade: tempo de resposta alto e perda de pacotes na transmissão entre o roteador e o repetidor serão constantes.

Planta baixa com roteador e repetidor longe

Outro problema recorrente é a extensão de um sinal estendido. Não entendeu? Vamos explicar. O sinal da internet sem-fio não está alcançando alguns cômodos da casa. Dessa forma, você compra um repetidor e instala-o em um local apropriado. Tudo está funcionando bem. Mas surge a ideia de estender este sinal mais um pouco: até a piscina. Dessa forma seria necessário apenas comprar mais um repetidor e instalá-lo em um local onde ele estaria repetindo o sinal que o 1º repetidor estaria cobrindo. Com essa atitude, estamos cascateando a conexão em 3 etapas: Repetidor 2, Repetidor 1 e roteador/modem.

Planta baixa com roteador e repetidor cascateado

 

Esse fatiamento de sinal danifica muito os pacotes e consequentemente, muitos dados são descartados.  Isso obriga o sistema a reenviar tudo de novo. Novamente, a qualidade do sinal (não a intensidade) fica comprometida. É muito comum acharmos estranho a intensidade de sinal no máximo, o vídeo do YouTube picotando.

A solução

Planta baixa com roteador e repetidor longe alimentado por cabo

Cabeamento. Infelizmente, somos reféns do cabo. Ele suporta em média distâncias de até 100 metros. E, muitos repetidores possuem uma porta de conexão para cabos de rede. Dessa forma temos a opção de ter alguns repetidores de sinal espalhados pela casa sem comprometer a qualidade do sinal.

E aí, ajudou um pouco? Com essas dicas simples de estrutura de rede residencial muitos problemas simples de estabilidade de serviço serão resolvidos.


A série de 3 textos sobre wifi residencial estão linkados abaixo:

Afina, pra que serve o modem?

Roteadores e senhas

Repetidores de sinal

Espero que você curta e compartilhe com os amigos. Qualquer dúvida ou sugestão, use os comentários aqui embaixo.

 

Talvez você também goste...