14/01/2019

Cuidados básicos com notebooks e desktops

Por Luhan Pietro Struecker

Quando compramos um equipamento eletrônico, ficamos felizes e com a euforia esquecemos de algumas coisinhas básicas nos cuidados com a saúde do novo amigo.

Pessoa surpresa.

Listamos abaixo alguns fatores importantes a serem lembrados!

Umidade

Placa verde com zinabre

A umidade combinada com a geração de calor de qualquer equipamento elétrico, é um grande vilão, pois a combinação destes fatores amplia a produção de oxidação. Com o tempo essa oxidação compromete as trilhas e componentes que precisam transmitir correntes elétricas.

Jamais leve seus equipamentos para locais úmidos, por exemplo, o banheiro é um “inferno” para os eletrônicos.

Ventilação

interior de gabinete sujo

Placa mãe suja

Qualquer equipamento eletrônico gera calor quando em funcionamento. Dentro dos limites este calor é normal. Engenheiros estão sempre buscando soluções eficientes para que os produtos sejam mais eficientes e não aqueçam além desse limite. Mas com o tempo, a poeira, somada aos fios de cabelo, acaba gerando uma malha de proteção danosa ao equipamento, consequentemente sem a devida ventilação a peça/componente trabalha com temperatura acima do limite previsto. Logo, esse excesso diminui a vida útil do produto.

Transporte

Cabeça de leitura de HD

Interior de HD

Quando falamos em notebooks, o transporte é comum, afinal, esse é o seu diferencial. Os notebooks, possuem em sua grande maioria HDs (discos rígidos) comuns (existem exceções que possuem SSDs). Estes HDs possuem discos que estão em uma rotação próxima a 5000rpm e possuem agulhas extremamente próximas ao disco. Com essa rotação ativa, qualquer impacto pode gerar danos irreversíveis no disco.

Ranhura no disco do HD

Ranhura no disco do HD

E além do dano, consequentemente, os dados contidos na trilha danificada pela agulha também serão perdidos. Portanto, sempre que o seu notebook estiver em transporte mantenha-o desligado ou suspenso/hibernado.

Fonte de alimentação

Foto fonte de computador sujo

A fonte de alimentação é um dos primeiros componentes a pedir ajuda. Os desktops, devido a sua grande geração de calor, têm em sua fonte de alimentação uma ventoinha. Em consequência disso, muita poeira é levada para o interior da fonte. É interessante trabalhar com ações preventivas de manutenção. Uma limpeza nunca é demais!

Nas fontes dos notebooks, os cabos são os primeiros a precisarem de socorro. O mal acondicionamento no transporte, dobramento dos cabos próximos aos plugs ou pressionamento indevido, são fatores que auxiliam na diminuição da vida útil desses componentes externos. Dobrar os cabos sempre na mesma direção, obedecendo os vícios, também podem comprometer a durabilidade.

T ou Benjamin

Benjamin ou T

Às vezes a Bela e às vezes a Fera. Quando saímos do nosso habitat natural – casa – e vamos a qualquer outro lugar, nos deparamos com tomadas diferentes da qual estamos acostumados. Então, neste caso, somos salvos pelos Ts (benjamins) ou adaptadores de tomada. Com a “nova” padronização da pinagem no Brasil (3 pinos redondos), algumas tomadas antigas não atendem a essa regulamentação. Às vezes, não se tem a paciência necessária e o “terceiro” pino central é quebrado. Com essa quebra, estamos abrindo mão de todo e qualquer aterramento no equipamento. Assim, qualquer excesso de voltagem, a fonte vai precisar dar um jeito de dissipar: através de capacitores de controle, afinal, o pino terra foi cortado!

 

Com essas dicas simples, você aumenta a durabilidade e confiabilidade dos seus equipamentos.

Faltou alguma coisa? Comente aqui embaixo!

Talvez você também goste...