15/02/2021

Informática para concurso: Como estudar?

Por Luhan Pietro Struecker

Para quem estuda para concursos há muito tempo, parece óbvio dizer, mas é sempre bom lembrar: conhecer o conteúdo programático exigido pelo edital é imprescindível. Isso porque não adianta estudar uma área que sequer aparecerá na prova para a qual está se preparando, não é mesmo (?). A informática para concurso é uma área muito ampla de possibilidades, tornando isso ainda mais importante. Os editais geralmente especificam quais itens devem ser estudados.

Outra sugestão importante é a resolução de exercícios da banca responsável pelo processo seletivo. A banca geralmente possui uma métrica semelhante em suas questões, o que ajuda no momento da interpretação da prova. Entender a linha de raciocínio pode ajudar muito!

Quais são os principais assuntos da informática para concurso?

Analisando uma gama enorme de questões e provas aplicadas, foi criada uma estatística que mostra uma ordem de preferência nos temas. São eles:

  1. Sistemas operacionais: Linux e Windows;
  2. Editor de planilhas: Excel (Microsoft Office) e Calc (LibreOffice);
  3. Processadores de textos: Word (Microsoft Office) e Writer (LibreOffice);
  4. Navegadores: Chrome e Firefox;
  5. Correio eletrônico: utilização de e-mail;
  6. Segurança e proteção: vírus e conceitos similares;
  7. Edição e criação de apresentações: PowerPoint (Microsoft Office) e Impress (LibreOffice).

A diferença na recorrência entre estes temas é pequena. Mas como já citado, sempre leia o edital para ficar atualizado.


sabendo disso, vamos as principais dicas:

Concurso-alvo

Estudar sem um objetivo, sem um alvo, é como jogar um dado. Mesmo tendo uma predisposição dos assuntos que provavelmente serão abordados, continua sendo um dado de 6 lados. Estar ciente dos tipos de perguntas, a banca e o edital são fundamentais.

Também é imprescindível para o sucesso da escolha, definir um cargo de grau apropriados para sua formação/conhecimento.

Estudo ativo

É óbvio que conhecer bem a parte teórica é crucial, mas ver como as coisas funcionam na prática pode ajudar a assimilar melhor os conteúdos de informática para concurso, principalmente se você não é da área de tecnologia da informação. Com base nisso, a dica básica é explorar ao máximo o sistema operacional, o Excel e o Word – principalmente. Teste os atalhos, tente fazer assimilações, anote, crie mapas mentais…

Muitos atalhos não são definidos por simples sorteio. Muitos (os principais) começam com a tecla Control (CTRL) seguido de uma letra. Por exemplo: o atalho Ctrl + C é utilizado para copiar e o atalho Ctrl + S é utilizado para salvar (Exceto nos programas do pacote Office(Word, Excel e PowerPoint)).

Conheça as bancas organizadoras

É muito importante que você conheça as bancas organizadoras e entenda o estilo de prova de cada uma. Elas possuem abordagens específicas sobre informática para concurso, privilegiando alguns assuntos em detrimento de outros. Por isso, ao conhecer bem o perfil das bancas, você já terá uma grande vantagem, pois estará adaptado à linguagem e à forma de cobrança de cada uma delas.

O edital

A segurança de um cargo público concursado é tentadora, portanto, sua concorrência é muito grande. Para que você seja aprovado e tenha uma boa classificação, você precisa estudar bastante e ter um rotina de estudo. Construa seu planejamento com base nos editais anteriores do concurso desejado e nas preferências da banca.

O edital só será publicado junto a abertura das inscrições e a marcação da data da prova, ou seja, muito próximo do concurso. Nesse momento, você já deve estar pronto para revisar os conteúdos e estudar apenas as exceções ou atualizações trazidas com o edital.

Questões e mais questões

Nada melhor do que exercícios para concretizar o conhecimento, não é mesmo? Mas, quais questões eu devo me basear? Na internet existem muitos sites com bancos de questões e provas gabaritadas. Procure o máximo de questões de cargos semelhante ao buscado. Isso permite uma boa análise de eficiência.


É importante descobrir que a informática não é uma disciplina difícil se você tem o mínimo de conhecimento dela. Ela talvez pareça complicada pela falta de domínio. O grande segredo é conhecer, praticar, estudar, testar e solidificar o conhecimento. Tudo isso alinhado com a prática.

Quer saber mais? Leia o texto Informática: o grande abismo nos concursos

Sugestão: comece assistindo a revisão sobre Windows da Professora Sheila clicando aqui

Talvez você também goste...